clique para ler a matéria
SINDSEMP realiza assembleia e retoma negociações da data-base
  • Data: 11/05/2018

SINDSEMP realiza assembleia e retoma negociações da data-base

 A diretoria do Sindicato dos Servidores do Ministério Público (SINDSEMP-PB) e da Associação dos Servidores do Ministério Público da Paraíba (ASMP-PB) se reuniram, nessa quinta-feira (10), com o procurador-geral de Justiça, Francisco Seráphico da Nóbrega Filho. Participaram do encontro o presidente do SINDSEMP/ASMP, Daniel Guerra, o coordenador executivo da Fenamp, Aloysio Carneiro Júnior, além de Carlos Fonseca e Edicley Valdevino, vice-presidente e tesoureiro do SINDSEMP/ASMP, respectivamente.

Na pauta do encontro, a retomada da negociação em torno da data-base e outras questões pendentes de pagamento, referentes aos exercícios de 2016 e 2017.

De acordo com Daniel Guerra, o procurador-geral de Justiça apresentou à categoria um panorama da situação atual do órgão. Durante a conversa, ele relatou as dificuldades por conta do atual momento orçamentário-financeiro e reafirmou o compromisso de respeitar o PCCR dos servidores.

Na reunião o procurador-geral apresentou uma proposta para quitação dos retroativos pendentes de 2016 e 2017 e para a data-base, sendo esta última no percentual de 1% retroativo a janeiro. Daniel disse que a proposta foi levada para a assembleia geral ocorrida na manhã desta sexta-feira e a categoria admitiu a forma de pagamento dos retroativos, mas não concordou com o percentual oferecido.

Ainda de acordo com Daniel Guerra, os servidores optaram por suspender a manifestação prevista para a próxima semana afim de buscarem uma nova negociação com o procurador-geral de Justiça.

Durante a assembleia também ficou acordado o ingresso de uma ação judicial para questionar o enquadramento na carreira em função de não ter sido respeitado o tempo de permanência anterior na classe funcional. “Também ficou autorizado a abertura de um Procedimento de Controle Administrativo junto ao Conselho Nacional do Ministério Público caso não haja avanço nas negociações em torno do pagamento do retroativo da progressão de 2017”, explicou.

Nos próximos dias uma nova reunião será realizada para dar continuidade às discussões das propostas.

Tele Trabalho

Daniel disse que a implantação do Tele Trabalho também foi objeto da conversa com o procurador-geral de Justiça. Segundo informou o procurador-geral, o processo já está avançado e a regulamentação se encontra em fase final. “Nos próximos 30 dias devemos ter a abertura do edital para alguns setores do Ministério Público”, comentou.



 

Voltar