clique para ler a matéria
Prefeitura de Lucena é acusada de não repassar parcelas de empréstimo consignado
  • Data: 13/01/2020

Prefeitura de Lucena é acusada de não repassar parcelas de empréstimo consignado

A Prefeitura de Lucena, no Litoral Norte paraibano, estaria deixando de repassar ao banco parcelas de empréstimo consignado feito por servidores municipais. A denúncia foi feita pelo pré-candidato a prefeito Léo Bandeira após receber informações de que funcionários estão com o nome negativado junto aos órgãos de proteção ao crédito.

De acordo com Léo Bandeira, a falta desse repasse já chega a dois meses e até o momento não tem perspectiva de ser resolvido. Ele lembrou que o desconto é feito no contracheque dos servidores, mas a prefeitura deixa de repassar o dinheiro para o banco que concedeu o empréstimo. “É uma situação vexatória, você ver pais e mães de família com os nomes negativados porque a prefeitura não repassou o dinheiro que descontou dos servidores”, lamentou.


Léo disse que a prefeitura precisa solucionar o problema o quanto antes, pois do jeito que está caracteriza apropriação indébita. Ele se solidarizou com os servidores prejudicados e prometeu acionar as autoridades para que o impasse seja resolvido. “Vamos ficar vigilantes e continuar denunciando os malfeitos da atual gestão”, arrematou.

A reportagem tentou manter contato com a prefeitura, mas até o fechamento desta matéria não obteve êxito.



 

Voltar

PUBLICIDADES