clique para ler a matéria
Ex-deputado é investigado por acumular supostamente três cargos públicos na PB
  • Data: 17/07/2019
  • Foto: Foto: Reprodução

Ex-deputado é investigado por acumular supostamente três cargos públicos na PB

O procurador da República, Yordan Moreira Delgado, determinou a abertura de um inquérito civil para apurar suposta acumulação irregular de três cargos públicos pelo ex-deputado Benedito Alves Fernandes, mais conhecido por Biu Fernandes. A portaria foi publicada na página 38, da edição desta quinta-feira (18), do Diário do Ministério Público Oficial (DMPF), disponibilizado nesta quarta-feira (17).

De acordo com dados do sistema Sagres, do Tribunal de Contas da Paraíba (TCE-PB), Biu possui dois vínculos com o serviço público. Um deles como professor aposentado da Universidade Federal da Paraíba (UFPB), sob o regime de dedicação exclusiva, e auditor fiscal aposentado.

Em 2018, Biu Fernandes disputou as eleições para deputado estadual na tentativa de retornar à Assembleia Legislativa da Paraíba (ALPB). O ex-parlamentar teve o registro da candidatura negado após ação de impugnação ajuizada pelo Ministério Público Eleitoral (MPE), que alegou não ter sido observado o prazo para desincompatibilização de um cargo ocupado por Biu no Governo do Estado.

A Universidade Federal da Paraíba e a Secretaria de Estado da Receita foram acionadas para encaminharem respostas sobre o objeto da apuração.

O procurador Yordan Moreira Delgado determinou ainda que o inquérito terá prazo de um ano para ser concluído.



 

Fonte: Paraíba em Notícia

Voltar

PUBLICIDADES