clique para ler a matéria
Eduardo Carneiro representa a CMJP em debate sobre as ‘novas medidas contra a corrupção’
  • Data: 07/12/2018

Eduardo Carneiro representa a CMJP em debate sobre as ‘novas medidas contra a corrupção’

 O vereador de João Pessoa e deputado eleito, Eduardo Carneiro (PRTB), representou a Câmara Municipal no debate sobre as “Novas Medidas Contra a Corrupção”, promovido pelo Fórum Paraibano de Combate à Corrupção (Focco-PB), em parceria com a Fundação Getúlio Vargas, durante reunião extraordinária na sede do Ministério Público da Paraíba (MPPB). A reunião foi conduzida pelo promotor Leonardo Quintans, e contou com a participação de integrantes de vários órgãos e instituições, a exemplo da Transparência Internacional (TI) no Brasil, representada pela Drª Nicole Verillo Campello.

Durante o encontro foram discutidas as 70 medidas de combate à corrupção lançadas pela Transparência Internacional e como a Paraíba poderia ser inserida neste contexto, independentemente da aprovação ou não de leis sobre o assunto pelo Congresso Nacional.

Autor de várias leis com foco no combate à corrupção e a transparência pública, Eduardo Carneiro destacou a iniciativa dos organizadores do encontro e reafirmou o seu compromisso para continuar lutando por uma sociedade mais justa e sem corrupção. Eduardo lembrou que dentre as proposituras apresentadas por ele na Câmara da Capital estão duas leis de fundamental importância para a sociedade pessoense. “Apresentamos uma lei que prevê a transmissão ao vivo, pela, internet, dos processos licitatórios realizados pela prefeitura, inclusive essa proposta foi acatada pelo Ministério Público, que recomendou a sua aplicação nos 223 municípios paraibanos, e também a lei que determina a divulgação no site da Semob de tudo que for arrecadado através da aplicação de multas de trânsito na cidade”, afirmou.

Eleito em outubro para um mandato na Assembleia Legislativa, Eduardo disse que a partir de 1º de fevereiro do próximo ano, quando assumirá como deputado, vai levar também a defesa da causa para o parlamento estadual e ser um vigilante fiscal da lei. “Vamos honrar o assento que temos no Fórum de Combate à Corrupção através de uma postura firme de nosso mandato em favor da sociedade como um todo”, ressaltou.

Uma nova reunião, mais ampliada, foi marcada para o dia 4 de fevereiro e deverá ser realizada através de audiência virtual, para possibilitar a participação de mais pessoas e dar continuidade às ações propostas.

 



 

Voltar

PUBLICIDADES