clique para ler a matéria
Apesar de estar na bandeira vermelha, Sapé perde prazo e fica de fora do Consórcio Nacional de Vacinas contra a Covid-19
  • Data: 08/03/2021

Apesar de estar na bandeira vermelha, Sapé perde prazo e fica de fora do Consórcio Nacional de Vacinas contra a Covid-19

 Noventa e nove municípios paraibanos manifestaram interesse em aderir ao consórcio público para compra de vacinas contra a Covid-19. Em todo o país, 1703 cidades aderiram à iniciativa.

Apesar de se encontrar na bandeira vermelha, a fase mais crítica na classificação do novo normal, a cidade de Sapé, na Zona da Mata paraibana, perdeu o prazo para aderir ao consórcio. O prazo para a adesão terminou às 12h da última sexta-feira (5).

Criado pela Frente Nacional de Prefeitos (FNP),  o movimento das cidades brasileiras por mais vacinas na pandemia do coronavírus teve início após o Supremo Tribunal Federal (STF) autorizar que estados e municípios comprem e distribuam doses do imunizante.

Segundo dados da Secretaria de Saúde, o município já possui 1882 casos confirmados e 72 óbitos por covid-19.

 



 

Voltar